sábado

Tua



Há dias em que ela me diz:

Me encara, me faz coisa rara
Deixa o teclado de lado
Desliga o telefone
Não ligue, nem atenda
Chamadas, emails, problemas
Pensa apenas em mim

Me sente, me toca
Ergue em tuas mãos
Derruba tudo da mesa
Me pousa com delicadeza
Me marca selvagemente
Com o melhor de ti

Não me use apenas
Me dê sua essência
Preenchendo os espaços
Com versos inteiros
Palavras verdadeiras
E sentimentos mil

Depois me acaricie
Toque marca por marca
Reveja cada momento
E amanhã me reencontre
Mais uma vez nua
Folha branca, somente tua

E, sem resistir, começo a  escrever...


Joakim Antonio

Imagem Original: Eye by Amymone

5 comentários:

RITA PACHECO disse...

Lindas palavras.
Abs
RITA

Cátia Netto disse...

Que sutileza e delicadeza nas palavras...
Lindo demais! Parabéns..

Dayse Sene disse...

Que lindo em amigo Joakim Antônio?
Lindo! Ardente, sensual...prazeroso.
Bom demais.
Parabéns!
Linda noite.
Grande abraço.

Valéria Cruz disse...

Ah como entendo disso!!! É nas madrugadas depois que apago as luzes, parece ser de propósito...essa sedução na penumbra em que preciso me equilibrar para não mergulhar inteira...embora todas as vezes, acredite que jamais conseguirei emergir...
Versos bons de quem sabe se deixar à deriva!
Bjão
V.

Carol Righetto disse...

Marcas de todo sentir que transborda em palavras.
Lindo!!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...